Grupo H / CCEM

Aos estudos dos integrantes do Grupo H, inicialmente.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Linhas: 78

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Linhas: 78 em Ter Maio 19, 2015 2:32 pm

Admin


Admin
Texto: A FAS foi subordinada diretamente à Junta Militar, fora da cadeia de comando do TOAS, embora fosse prevista uma coordenação de esforços com os demais comandos, o que não vinha a ser, necessariamente, uma estrutura de comando eficaz para conduzir tanto a estratégia de emprego quanto as próprias operações em si
Observações: Falta do Princípio da Unidade de Comando
Comentários Individuais (TRIG/DATA/Comentário – Texto livre): CBL/17/ A subordinação da FAS foi direto a Juntar militar e não ao TOAS. Era prevista a coordenaçãoo de ataques com o TOAS e esta estrutura mostrou-se ineficaz.

http://grupohccem.forumeiros.com

2 Re: Linhas: 78 em Qua Maio 20, 2015 8:28 pm

RCabral214


Neste trecho pode ser constatado, também, a não observância de um dos Fundamentos do Poder Aeroespacial: O CONTROLE CENTRALIZADO E A EXECUÇÃO DESCENTRALIZADA, o que veio a prejudicar, posteriormente, outro fundamento: o EFEITO SINÉRGICO, na medida em que a falta de um Comando Unificado dificultou o emprego coordenado das Forças Singulares. Isso implica também o fundamento da CONCENTRAÇÂO, uma vez que meios foram fragmentados por diversos comandos.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum